[ editar artigo]

2018: onde estamos e para onde vamos?

2018: onde estamos e para onde vamos?

Muito têm se falado sobre os avanços da tecnologia e como isso tem impactado na forma como vivemos. Mas é possível saber a que caminhos essas mudanças vão nos levar?  

 

O século XXI tem sido marcado por grandes transformações. A forma como vivemos e nos relacionamos foi afetada em grande parte pelos avanços da tecnologia. Do campo, a população foi migrando para os grandes centros urbanos e moldando o mundo ao que conhecemos hoje. Com isso, a popularização da internet trouxe consigo a tão aclamada globalização, e juntas elas transformaram mais o mundo em 20 anos, do que todo o século XX.

Então eu decidi elencar as principais tendências do que está por vir para ilustrar um pouco mais sobre o impacto que o crescimento da população mundial está causando em nosso querido planeta Terra.

Em 1950, a parcela da população mundial que vivia nos grandes centros urbanos, estava limitada a 5%. Em 2011, essa porcentagem cresceu, atingindo 50%. A previsão é que, para 2030 60% da população mundial estará vivendo em cidades. 

Para isso, será necessário construir 4000 unidades habitacionais por hora, para suprir com a necessidade de tanta gente morando no planeta.

Falando sobre energia: estima-se que em 2030, o consumo vai aumentar em 33% e entre agora e 2050, o consumo de energia proveniente de fontes renováveis vai crescer mais rápido do que qualquer outra fonte de energia primária, sendo: energia eólica com um aumento de 1352%, e energia solar sendo 1473%. Em 2009, 430 bilhões de dólares foram gastos em investimentos sustentáveis. 

Prever o futuro não é o objetivo deste artigo, mas sim, o de entender qual é o caminho que deve ser traçado para que o mundo ainda seja habitável nos próximos anos. Já passou da hora de começarmos a pensar no amanhã, nós somos responsáveis pelo futuro que está por vir e, está em nossas mãos, a tarefa de desenvolver processos e tecnologias que nos auxiliem nesta, que tem sido uma das mais difícieis tarefas da humanidade: viver em simbiose com o planeta.
 

Hitech Lab
Mateus Renosto
Mateus Renosto Seguir

Relações públicas e aficionado por sustentabilidade vivo em busca da resposta para a pergunta: como será o mundo nos próximos anos?

Ler matéria completa
Indicados para você